sábado, 27 de dezembro de 2014

APRENDA A ESCOLHER O FILTRO SECADOR CORRETO

HORA DE TROCAR O FILTRO SECADOR: QUAL O MODELO CERTO E COMO INSTALAR?

Esta matéria possui conteúdo extra.Leia aqui.

O filtro secador correto é essencial para o bom funcionamento do sistema de refrigeração.

filtro secador é um dos componentes básicos do sistema derefrigeração, sendo responsável por evitar que impurezas e/ou umidade passem para o elemento de controle (tubo capilar ou válvula de expansão) ou para o próprio compressor. Por isso, é essencial utilizar um modelo de boa qualidade e que seja adequado ao equipamento onde será instalado.
O filtro secador é considerado um componente básico de um sistema de refrigeração.
A presença de traços mínimos de umidade é comum nos sistemas de refrigeração, mesmo após o processo de vácuo bem realizado. Por isso, o filtro secador é muito importante.
Além da umidade, o filtro também tem a função de impedir a passagem de partículas sólidas como rebarbas metálicas de aço ou cobre, resíduos de solda e outras, que podem provocar entupimentos e outros problemas.
Quando a umidade ou as impurezas entopem o tubo capilar totalmente, uma reoperação do sistema de refrigeração é requerida e com isso é indispensável trocar o filtro, nunca esquecendo também que a limpeza dos outros componentes é necessária.
Porém, muitas vezes a obstrução é parcial, levando à queda de rendimento do sistema de refrigeração. Nesse caso, o problema pode ser incorretamente atribuído ao compressor ou à carga de fluido refrigerante. Por isso, é preciso fazer uma análise detalhada da situação antes de iniciar o trabalho.

Substituição do Filtro Secador
Em todas as vezes que é realizada uma reoperação do sistema de refrigeração é obrigatória a substituição do filtro secador por um novo, pois como o filtro fica saturado de água, o dessecante não pode mais absorver umidade, não sendo possível reaproveitar o filtro secador.
Nunca se deve escolher o filtro secador somente pelo tamanho e muito menos pelo preço. Devem ser observados critérios técnicos e as orientações dos fabricantes desses componentes, pois é levada em consideração a compatibilidade do filtro com o fluido refrigerante e óleo lubrificante, lembrando sempre que só devem ser utilizados modelos que contenham dessecantes do tipo molecular sieves (MS).
É preciso estar atento também à quantidade de molecular sieves do filtro, pois a escolha de um modelo inadequado poderá fazer com que ocorra movimentação das esferas de MS, levando à liberação de partículas.
Para a seleção, é especialmente importante estar atento ao fluido refrigerante utilizado no sistema. Por exemplo, geralmente filtros secadores projetados para uso com R600 (isobutano) são frágeis demais para trabalhar com R134a, por causa da diferença de pressão de trabalho entre esses dois fluidos refrigerantes. Isso pode levar ao desgaste das partículas dessecantes, e os resíduos podem provocar entupimento da saída do filtro ou do tubo capilar. O quadro na parte inferior desta página mostra os modelos adequados para utilização com cada fluido refrigerante.
Para o funcionamento adequado, o filtro secador precisa ser instalado na posição correta, que varia conforme o tipo de sistema de refrigeração. Caso isso não seja feito, as partículas dessecantes podem se desprender e prejudicar o funcionamento do sistema de refrigeração.
FLUIDO REFRIGERANTEFILTRO SECADOR RECOMENDADO
R290XH5 - XH6 - UNIVERSAL (MS594)
R134AXH7 - XH9 - UNIVERSAL (MS594)
R600AXH5 - XH6 - UNIVERSAL (MS594)
R22XH6 - XH9 - UNIVERSAL (MS594)
MISTURAS (BLENDS)XH9 - UNIVERSAL (MS594)

Nenhum comentário:

Postar um comentário