domingo, 28 de dezembro de 2014

ENTENDA O QUE OCORRE NO INTERIOR DE UM EVAPORADOR/CONGELADOR

EVAPORADOR

Onde o fluido refrigerante passa para o estado gasoso

Ícone Download
Baixe agora sua coleção técnica.
Depois de falar dos condensadores (CR 115), vamos tratar agora de outro componente básico do sistema de refrigeração: oevaporador. Da mesma forma que o condensador, o evaporador é um trocador de calor. Sua função é transferir o calor do ambiente refrigerado para o fluido refrigerante que está circulando. Assim, o fluido refrigerante, que está no estado líquido, se transforma em vapor. Enquanto isso, por ter absorvido o calor, o evaporador manterá uma temperatura adequada no gabinete do refrigerador.
O princípio que explica o seu papel no sistema é o de que a evaporação de qualquer líquido exige absorção de calor, que no caso da refrigeração é retirado do ambiente que o cerca. Esse fluido refrigerante na forma gasosa, a baixa pressão e temperatura, sairá do evaporador para o compressor, que comprimirá o fluido, impulsionando-o para o condensador.
Deve ser destacado que todo o sistema de refrigeração é prejudicado se o evaporador não funciona corretamente. Isso ocorre, por exemplo, quando absorve uma quantidade insuficiente de calor.
Evitar o acúmulo de gelo e de sujeira no evaporador é essencial para o bom funcionamento do sistema. Quando se forma uma camada de gelo nesse componente, ela pode agir como um isolante térmico, impedindo a troca de calor entre o ar e a superfície do evaporador.
Tipos de evaporador
Os evaporadores são normalmente feitos de alumínio, cobre ou latão, materiais que possuem boa condutividade térmica. Seus tubos podem ser lisos ou montados com aletas internas e externas para aumentar a troca de calor. Os tipos mais comuns são o de placa (ou roll-bond), o tubular e o aletado:
  • O de placa (roll-bond) é muito utilizado em refrigeradores domésticos, sendo formado por duas chapas de alumínio sobrepostas e curvadas, com tubulação embutida no formato ziguezague, por onde flui o fluido refrigerante.
  • O tubular é feito com tubo de cobre ou alumínio, sendo fixado na chapa de alumínio. Tem conexão com o tubo capilar e com a linha de sucção e apresenta separador de líquido do tipo tubular.
  • O aletado apresenta um tubo de alumínio ou cobre com aletas de alumínio. Precisa contar com um ventilador, para a circulação de ar forçada
Os evaporadores de placa e tubulares funcionam na base da troca de calor por convecção natural do ar. Ou seja, a troca de calor ocorre pelo contato entre o ar que circula no interior do refrigerador e a superfície do evaporador. Já os evaporadores aletados, como foi dito, precisam de ventilação forçada.
Alguns refrigeradores de duas portas contam com um evaporador principal e um secundário (também chamado de placa fria), cada um deles ficando em um dos compartimentos. Normalmente esses evaporadores são conectados em série.
Separadores de líquidos
Muitos evaporadores, especialmente aqueles utilizados em refrigeração doméstica, contam com um separador de líquido. O objetivo é acumular o líquido que não evaporou, evitando que o fluido refrigerante chegue ao compressor na fase líquida.
O separador de líquido pode ser de dois tipos:
  • Estampado no evaporador, com o formato de colmeia;
  • Cilíndrico, com o tubo colocado na saída do evaporador. Esse modelo também é utilizado nos refrigeradoresfrost-free no frost.
Troca do evaporador
Se for necessária a substituição do evaporador, é fundamental estar atento à capacidade de refrigeração do sistema, selecionando um modelo adequado a ela. Deve-se, sempre que possível, manter as mesmas características do componente original.
Entenda o papel do evaporador no ciclo de refrigeração típico:

Nenhum comentário:

Postar um comentário