segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

MANTENHA A SUA GELADEIRA SEMPRE LIMPA!

Limpeza correta da geladeira evita contaminação; veja como fazer

Nutricionista dá dicas para não estragar nem o aparelho nem os alimentos
por Redação
A limpeza certa da geladeira é, antes de uma questão de higiene, uma questão de saúde. A prática incorreta pode contaminar os alimentos e fazer mal à saúde. Lembre-se de desligar o aparelho da tomada, seguir as instruções do fabricante, e mãos à obra.
A nutricionista Martha Machado, técnica da Coordenação de Vigilância em Saúde (Covisa) da Prefeitura de São Paulo aconselha verificar no manual quais as restrições do fabricante sobre a limpeza da geladeira. Afinal, os materiais que compõem as estruturas podem variar. Feito isso, ela lembra que os saneantes utilizados devem ser regularizados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). "Não use nada tóxico, abrasivo, ou fibras que possam danificar a superfície", alerta. O ideal é que a geladeira seja limpa a cada dez dias e o freezer a cada 15.
Antes de começar a tarefa, separe caixas térmicas ou de isopor (de preferência com gelo) para evitar que os alimentos fiquem expostos à temperatura ambiente por muito tempo. "Aproveite para verificar as validades de todos os produtos e jogue fora os alimentos vencidos", recomenda Martha. Ela aconselha ler atentamente, no rótulo, qual o novo prazo de validade após a abertura da embalagem. Em seguida, colocar uma etiqueta no produto com a data da abertura e o prazo para consumo. "A validade diminui bastante após a abertura", explica.
Depois de limpar a geladeira, reduza bastante a temperatura interna, e espere até que ela se estabilize. "Não forre ou cubra as prateleiras com tecidos, plásticos, papelão ou qualquer outro material que dificulte a circulação do ar" alerta a sanitarista. Martha também recomenda lavar as embalagens com água e detergente neutro, antes de armazená-las na geladeira. Isso evitará que a sujeira proveniente da distribuição e venda desses produtos, no comércio, seja fonte de contaminação. A única exceção são frutas, legumes e verduras, cuja higienização deve ser feita imediatamente antes do consumo. "A umidade ocasiona a deterioração mais rápida e diminui o tempo de vida útil desses alimentos", explica. A nutricionista recomenda mantê-los em recipientes fechados ou embalagens plásticas próprias na parte inferior da geladeira (menos fria). Alimentos perecíveis, como carne e peixe devem ficar nas prateleiras superiores (mais fria). Os alimentos cozidos, de preferência, vão nas prateleiras do meio. Abra a porta somente quando souber exatamente o que quer pegar, para evitar alterações frequentes de temperatura. Por fim, lembre-se de manter a geladeira em local ventilado e longe de fontes de calor, como o fogão ou a luz do sol.

Nenhum comentário:

Postar um comentário